cabecalho.gif









11/05/2018-
Auditores do Rio reivindicam debate sobre os rumos da mobilização


MF (8/5): perplexidade com teor do decreto que regulamenta progressão funcional. A partir da esq., os diretores da DS/Rio Gustavo Regadas, Robson Lassarot e Sonia Cunha

Em assembleia nacional convocada para o dia 7 de maio, a pedido do Comando Nacional de Mobilização (CNM) – e realizada na base Rio nos dias 8 e 9/5 –, os filiados presentes deliberaram sobre os três indicativos (quadros abaixo) propostos, referentes ao acirramento da mobilização da categoria, tendo em vista a falta de regulamentação dos principais itens do acordo salarial.

A assembleia da base Rio foi realizada em todas as unidades, exceto no Porto de Itaguaí, e reuniu 155 filiados – 139 ativos e 16 aposentados.

Após mais de dois anos de campanha salarial, os filiados lotados em diferentes unidades da base expressaram insatisfação com os resultados do movimento e reivindicaram um amplo debate sobre os rumos da mobilização.

Decreto – A publicação do Decreto nº 9.366 (conheça), no dia 8 de maio, regulamentando a progressão funcional, eliminaria um dos motivos da convocação da assembleia. No entanto, o teor do documento causou perplexidade e indignação pelos prejuízos que irá impor à categoria, em especial aos colegas mais novos no cargo.

MF – Na assembleia centralizada, realizada no auditório do Ministério da Fazenda, no dia 9 de maio, o baixo índice de comparecimento sinalizou o desânimo dos Auditores-Fiscais da base Rio.

Após breve análise do “decreto da progressão” – que, por exemplo, exige do Auditor-Fiscal a realização de cursos de pós-graduação durante a permanência em determinada classe, desconsiderando qualquer especialização anterior –, uma filiada resumiu o novo cenário: “Os Auditores-Fiscais agora vão precisar pagar [cursos] para serem promovidos na Receita Federal”.

Embora outros filiados tenham se manifestado contra o desmonte do cargo, não houve proposições à Diretoria Executiva Nacional (DEN).

Porto do Rio – Por unanimidade, os Auditores-Fiscais que compareceram à assembleia do Porto RJ, ocorrida no dia 8 de maio, aprovaram proposta, a ser encaminhada à DEN pela diretoria da DS/Rio, de realização de plenária para rediscutir os rumos do movimento e verificar a situação atual da campanha salarial.

Volta Redonda – Em relação ao indicativo 3, os colegas lotados na DRF/Volta Redonda sugeriram que o valor do ressarcimento seja retirado de outro Fundo.

DRF2/Barra – A assembleia ocorreu no mesmo dia (8/5) da publicação do Decreto 9.366/2015, que atingiu diversos colegas lotados naquela unidade.

Foi proposta a realização, no âmbito da DS/Rio, de seminário ou curso, com o objetivo de promover a avaliação crítica dos desdobramentos da campanha salarial e buscar novas orientações. A diretoria da DS/Rio se comprometeu a buscar os recursos necessários para viabilizar o evento.

Assembleia Nacional de 07/05/2018 – Resultado da votação na base Rio





 

 

 

Imprimir
   

 

 

 

Rua Debret, 23 sala 711/716 - Centro - Rio de Janeiro - CEP.: 20030-080
Tel: (21) 3125-3800 - Fax:(21) 3125-3805
Rua da Quitanda, 30 - 11º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20011-030
Tel.: (21) 2507-6063 (fax) © 2009 sindifisconacional-rj.org.br – Todos os direitos reservados.