cabecalho.gif







Boletins


Publuicações
   
 

 

 

 

 

 

Anteriores

27/04/2021-
Realocação dos AFRFB no prédio do ME gera reunião com Superintendência

O presidente da DS/Rio Alexandre Teixeira esteve reunido, no dia 26 de abril, com o Superintendente Regional Flavio José Passos Coelho e os Adjuntos Fábio Cardoso do Amaral e Ricardo Muniz de Figueiredo. A pauta foi a desocupação do segundo andar do prédio do Ministério da Economia (ME), no centro do Rio, pelos Auditores-Fiscais lotados em alguns setores da DRF I.

Na avaliação da diretoria da DS/Rio, o referido processo pareceu abrupto e conduzido com deficiências de comunicação, gerando dúvidas e preocupação entre os envolvidos.

Projeto governamental - De acordo com o Superintendente Flávio Passos, a realocação se insere no projeto governamental de utilização mais racional dos imóveis da União e foi discutida com a Gerência Regional de Administração do Ministério da Economia (GRA), responsável pela administração do prédio, e com a Secretaria do Patrimônio da União (SPU).

Portanto, a mudança não foi uma imposição de qualquer autoridade governamental, como chegou a ser aventado pela representação sindical. Os administradores regionais também negaram que o processo tenha sido abrupto e afirmaram que a comunicação vinha sendo feita pelos canais oficiais.

Prazo exíguo - O presidente da DS/Rio argumentou que, em alguns casos, os colegas envolvidos foram avisados da necessidade de transferência dos seus pertences de maneira informal e/ou com prazo exíguo. Além disso, o local destinado não estava totalmente adequado para recepcionar os novos ocupantes.

Somado a essas circunstâncias, há o fato de o trabalho dos Auditores-Fiscais envolver informações de caráter sigiloso. Assim, a preocupação é justificada, inclusive pela eventual possibilidade de responsabilização funcional.

O representante sindical questionou, ainda, qual seria o procedimento caso um colega não pudesse transferir seu material de trabalho no prazo estabelecido, uma vez que seria inaceitável o acesso a esse material por terceiros.

Cautela necessária - Apesar da ausência de consenso sobre o processo de mudança, o Superintendente Flavio Passos assegurou que tudo será feito com a cautela necessária, não havendo a possibilidade de acesso por terceiros aos materiais resguardados dos AFRFB.

O administrador regional disse estar sensível aos argumentos trazidos, especialmente diante da possibilidade de novas realocações. Informou, ainda, que está prevista uma reunião virtual entre o Delegado da DRF I, responsável pela condução do referido processo de remanejamento no prédio do ME, e todos os servidores envolvidos.

 

 

 

Imprimir
   

 

 

 

Rua da Quitanda, 30 - 11º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20011-030
Tel.: (21) 2507-6063 (fax) © 2009 sindifisconacional-rj.org.br – Todos os direitos reservados.